..MAIS UM?

....

domingo, 6 de dezembro de 2015

O que sobrou de mim...



Nem mesmo o mais exímio detetive o poderia responder.
As forças supremas conforme reza a lenda talvez pudesse me orientar...
O fato é : Acataria eu?
Isso não me apetece agora.
O reflexo do espelho me mostra um número de rugas dantes escondidas , porém vivas.
O que sobrou?
Ideal palavra. Sobra. Resto. Pouco.
Na fé de que o pouco, a unidade, um... pode culminar em diferenças...
Eis-me aqui...prostrado numa taberna. Não sozinho. Não seria justo dizer isso visto as aranhas,baratas e moscas que insistem em me acompanhar. 
Não sei se estão por amor ou na espera de que o que sobrou,finde. 

Um comentário: